Rússia vai manter apoio à Aliança do Norte

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, se comprometeu nesta segunda-feira a manter o apoio político e militar para a Aliança do Norte, que se opõe ao regime do Taleban no Afeganistão. "Confirmamos a intenção da Federação Russa de continuar apoiando o estado islâmico do Afeganistão nas esferas técnica e militar e discutimos planos concretos de ajuda humanitária ao povo afegão", disse Putin. O presidente russo fez a declaração ao fim de uma reunião com o presidente do Tajiquistão, Emomali Rakhmonov, e o ex-presidente do Afeganistão, Burhaniddin Rabbani, que foi deposto pelos talebans em 1996. Em uma declaração conjunta, os três governantes se comprometeram a intensificar os esforços para estabilizar o Afeganistão e ampliar a ajuda humanitária na região. "Esperamos que nesta luta justa, com o apoio de nossos amigos, venceremos o terrorismo", disse Rabbani.

Agencia Estado,

22 Outubro 2001 | 06h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.