Rússia volta a enviar batalhão de artilharia à Chechênia

Um batalhão de artilharia do Exército da Rússia que foi removido, no início do mês, da guerra na república separatista da Chechênia será reenviado à zona de conflito, informou a agência de notícias Interfax. Citando uma fonte do comando militar regional, a agência noticiou que o retorno foi ordenado "devido à complexa situação no sul da república".A escarpada região sul da Chechênia é usada como esconderijo e base pelos rebeldes. Apesar de o Kremlin afirmar que a situação na Chechênia está se estabilizando aos poucos, os combates persistem. Há relatos quase diários de confrontos entre soldados e rebeldes, e de ataques aéreos promovidos pela Rússia.Sete recrutas russos foram mortos nas últimas 24 horas, disse um funcionário da administração pró-Kremlin da Chechênia que não quis se identificar. A Rússia promoveu ataques aéreos e de artilharia contra supostas posições rebeldes nas regiões de Nozhai-Yurt, Itum-Kale e Kurchaloi, afirmou a fonte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.