Russo diz que terroristas passaram pela Chechênia

Alguns dos terroristas que participaram dos ataques nos EUA em 11 de setembro foram treinados na Chechênia, informou hoje um aliado do presidente Vladimir Putin. "Pelo menos quatro suicidas que participaram dos ataques terroristas nos Estados Unidos passaram pela Chechênia", afirmou Sergei Yastrzhembsky, secretário de imprensa do Kremlin para a república separatista.Oficiais russos repetidamente citam uma conexão chechena nos ataques terroristas em Washington e Nova York, mas até agora não apresentaram nenhuma prova. "As pessoas que lançaram os ataques contra os Estados Unidos conduziram treinamentos terroristas na Chechênia", disse Yastrzhembsky à agência de notícias russa Interfax.Segundo o porta-voz, Moscou está suprindo a inteligência norte-americana com informações sobre os passos dos terroristas e seus meios de financiamento, e está recebendo dados similares em troca. "Nunca antes os serviços especiais da Rússia e dos Estados Unidos tiveram uma cooperação tão próxima", afirmou, sem entrar em detalhes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.