Russos acusam Ucrânia de desviar gás destinado à Europa

O monopólio de gás russo Gazprom, de controle estatal, acusou a Ucrânia de ter "roubado" 100 milhões de metros cúbicos de gás russo, destinado a países europeus, de acordo com a agência Interfax. O gás teria sido desviado ontem, 1 de janeiro. A agência Iter Tass estimou que o gás desviado pela Ucrânia vale cerca de US$ 25 milhões. A agência cita o vice-presidente da Gazprom, Alexander Medvedev, e diz que a companhia sugeriu que auditores independentes registrem quanto gás está entrando na rede de dutos ucraniana.Após semanas de negociações, a Rússia interrompeu o fornecimento de gás para a Ucrânia. No final deste domingo, o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia acusou a Rússia de tentar minar a estabilidade da economia ucraniana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.