Russos dizem que Bin Laden pode atacar Bush

Os serviços secretos russos eocidentais entraram em alerta devido às ameaças proferidas peloterrorista internacional Osama Bin Laden contra o presidenteamericano, George W. Bush, que participará da reunião de cúpulado G-8 marcada para julho em Gênova, na Itália. Foi o que disse hoje o chefe do serviço de proteçãoa líderes do serviço secreto russo, general Eugueni Murov, àagência Itar-Tass. "Bin Laden lançou ameaças contra o presidenteamericano", disse Murov, e "por isso todos os serviçosespeciais interessados estão em alerta, porque levamos muito asério essas ameaças". Murov acrescentou que especialistas russos já partirampara Gênova para coordenar com os serviços secretos italianos ede outros países as medidas de segurança conjuntas, as quais"espero que nos permitam resolver todos os problemas.". O general Murov disse que o FSB, o serviço secreto russo também reforçou as medidas de segurança para o presidenteVladimir Putin, sobretudo em relação à possível ameaçarepresentada pelo "terrorismo" checheno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.