Russos planejavam treinar 'crianças espiãs'

Um grupo de espiões russos detido nos Estados Unidos há dois anos planejava recrutar crianças para participar de suas atividades. Segundo as investigações americanas, os agentes imaginavam que seria mais fácil driblar os órgãos de inteligência usando menores, pela ausência de informações que os colocasse sob suspeita.

O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.