Russos protestam contra suposta fraude eleitoral

Multidões tomaram as ruas de pelo menos 15 cidades na Rússia hoje para protestar contra supostas fraudes nas eleições parlamentares do dia 4.

AE-AP, Agência Estado

10 de dezembro de 2011 | 10h20

Em Moscou, capital do país, a expectativa é que mais de 30 mil pessoas se reúnam para a manifestação, autorizada pelo governo.

Os opositores alegam que a eleição do último domingo, vencida pelo Partido Rússia Unida, do premiê Vladimir Putin e do presidente Dmitri Medvedev, foi fraudada.

Apesar das denúncias de fraude, o partido, que antes dominava dois terços do Parlamento, perdeu 20% de seus assentos na última votação.

Putin, que governou o país entre 2000 e 2008, disputará a presidência novamente em março do ano que vem. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RÚSSIAPROTESTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.