EFE/Jerry Lampen
EFE/Jerry Lampen

Rutte pede que Holanda freie avanço do populismo após vitória do Brexit na Europa e de Trump nos EUA

Candidato pediu votos em seu partido com o objetivo de ‘manter o país seguro e estável’, e disse que eleição deste ano é ‘crucial’

O Estado de S.Paulo

15 de março de 2017 | 11h30

HAIA, HOLANDA - O primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, pediu nesta quarta-feira, 15, ao depositar seu voto em Haia para as eleições legislativas de seu país, que os holandeses "criem um precedente" e freiem a "onda de populismo" após o triunfo do Brexit - saída do Reino Unido da União Europeia (UE) - e de Donald Trump, presidente dos EUA.

"Temos que evitar um efeito dominó. Este é um momento no qual apostamos por uma mudança rumo à direção contrária ou apostamos em uma política não experimental, que alcance mais sucessos a partir dos sucessos dos quatro anos anteriores", explicou Rutte, pouco antes de entrar no colégio eleitoral.

O líder holandês pediu votos em seu partido para "manter o país seguro e estável", e reconheceu que existe "o risco de despertarmos amanhã e o partido de Geert Wilders ser o maior" dos Países Baixos.

"Devemos conter a onda de populismo porque estas eleições são realizadas sob a pressão da vitória de Trump nos EUA e o Brexit", indicou o político liberal. O primeiro-ministro pediu que todos os holandeses votem porque esse direito "é uma conquista".

Rutte definiu o pleito como "crucial" e afirmou que havia lutado "até o último momento" para voltar a ganhar e ter a oportunidade de uma terceira legislatura.

Seu oponente mais direto nas pesquisas de intenção de voto, Wilders, advertiu que "aconteça o que acontecer nestas eleições, o gênio não vai voltar à garrafa", em referência à ascensão do populismo na Europa. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
HolandaeleiçõesMark Rutte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.