Sabotadores explodem poço de petróleo no Iraque

Um porta-voz da South Oil Company confirmou que sabotadores explodiram um poço de petróleo no sudeste do Iraque, próximo à cidade de Amara, cerca de 250 quilômetros ao norte de Basra. "Hoje, o poço de petróleo número dois foi explodido em Halfaya, o qual é parte dos campos de petróleo de Amara", disse o porta-voz. Pouco antes das 11h (de Brasília) a notícia, que não havia sido confirmada, provocou alta nos preços do petróleo, levando o brent à máxima de US$ 44,11 o barril em Londres. A fonte não disse quanto de petróleo deixou de ser produzido, mas o poço não faz parte dos três maiores campos do sul do Iraque, que produzem a maior parte do petróleo exportado pelo país. Mesmo assim, a situação segue tensa na região, com militantes xiitas mantendo constantes batalhas com as forças norte-americanas e com as forças do governo interino. A tensão provocou queda de cerca de 50% das exportações a partir dos terminais sul, reduzindo para 1 milhão de barris a produção diária do Iraque, de acordo com informações da indústria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.