Sabotagem causa explosão em oleoduto sírio e provoca vazamento

Impacto causou um buraco de 15 metros de diâmetro; não havia ninguém no local na hora do incidente

Efe

29 de julho de 2011 | 09h50

CAIRO - Um grupo de sabotadores provocou durante a madrugada desta sexta-feira, 29, uma explosão em um oleoduto na região síria de Tel Kalaj, o que ocasionou um buraco de 15 metros de diâmetro e um vazamento de petróleo, informou a agência oficial "Sana".

 

A explosão aconteceu em um lance do oleoduto o próximo à represa de Tal Hos, que irriga amplos terrenos agrícolas entre as localidades de Tartus e Homs, precisou a agência.

 

Em declarações à "Sana", o governador da província de Homs, Ghassan Abdelal, explicou que por volta das 4h locais alguns habitantes dessa área fugiram atemorizados pela explosão no oleoduto, ligado à cidade litorânea de Baniyas.

 

Abdelal considerou o incidente "um ato terrorista e de sabotagem", já que os agressores escolheram um momento no qual não havia ninguém na zona e pretendiam causar grandes danos pela proximidade do oleoduto a Tal Hos.

 

O governador acrescentou que as autoridades tomaram as medidas adequadas para evitar que a mancha de petróleo chegue às águas da represa.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaexplosãooleodutovazamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.