Sabotagem provoca incêndio em oleoduto na Nigéria

O incêndio que forçou a petrolífera italiana Eni a fechar estações de apoio a um oleoduto na Nigéria foi provocado por sabotadores, disse hoje o Exército nigeriano.

AE, Agência Estado

08 de dezembro de 2013 | 16h36

O fogo começou ontem no oleoduto, que normalmente transporta 75 mil barris por dia. A Eni informou que começou imediatamente a fechar as operações no local.

Segundo autoridades, residentes locais em disputa com a empresa usaram dinamite para explodir o local. "O incidente foi uma sabotagem de alguns elementos que não gostam das operações de petrolíferas na região e certamente não foi resultado das atividades de ladrões de petróleo", disse o coronel Onyema Nwachukwu.

Sabotagens se tornaram raras na Nigéria depois que o governo concedeu anistia a militantes em 2009. Já roubos ocorrem frequentemente no local, que já ficou fechado por alguns meses este ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigériaoleodutosabotagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.