Saddam e familiares devem partir para o exílio, diz Bush

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, em pronunciamento transmitido nesta segunda-feira à noite pela TV, deu prazo de 48 horas para que Saddam Hussein parta para o exílio com sua família e principais aliados ou encare uma guerra. Bush disse que a boa fé de seu governo ?não tem sido correspondida" e que o regime iraquiano "tem utilizado vantagens diplomáticas, desafiando de forma consistente" as advertências internacionais sobre seus arsenais. "Os esforços pacíficos tem fracassado... porque não estamos lidando com pessoas pacíficas."Segundo Bush, o Iraque "continua tendo e escondendo algumas das armas mais perigosas jamais utilizadas" e tem "um profundo ódio dos Estados Unidos e de seus amigos". "O perigo é claro", disse. Bush também criticou a posição da França, dizendo que o país não compreende a determinação americana. Segundo Bush, o Conselho de Segurança das Nações Unidas falhou em sua função e os EUA não falharam na determinação de buscar a paz no mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.