Saddam fez alusão irônica a líder xiita, diz jornal

O ex-ditador iraquiano Saddam Hussein teria feito uma alusão irônica ao mais importante líder das milícias xiitas iraquianas pouco antes de morrer enforcado neste sábado, informou o jornal Los Angeles Times.De acordo com dois repórteres da publicação, Saddam se recusou a colocar o capuz utilizado pelos condenados à forca e subiu por vontade própria a escada que levava ao cadafalso. Em seguida, ao ouvir quatro guardas citando em sua frente o nome de Muqtada al-Sadr, líder xiita das milícias que controlam grande parte de Bagdá, Saddam teria respondido em tom irônico: "Muqtada". De acordo com a reportagem, essas foram uma das últimas palavras do ex-ditador iraquiano.Após o anúncio da execução de Saddam, grupos xiitas deram tiros para o ar em sinal de alegria, nas cidades e distritos em que essa população, oprimida durante o regime do ex-ditador iraquiano, é majoritária. Saddam foi enforcado por volta das 6 horas deste sábado (1 hora pelo horário de Brasília), em Bagdá, após ter sido condenado por um tribunal iraquiano pela tortura e morte de 148 xiitas, em 1982.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.