Saddam Hussein ironiza planos para derrubá-lo

Em tom irônico, o presidente iraquiano Saddam Hussein afirmou que "aprova e apóia a decisão americana de provocar a queda do regime iraquiano". Citado pelo semanário egípcio Rose El Yussef, o presidente iraquiano disse que "quando eles (os americanos) falam de agressões, passam a fazê-lo todos os dias; quando, ao contrário, usam slogans mais civilizados, podem encontrar gente que os apóie, entre eles os que estão contra as agressões", disse o mandatário. "Podem ter inclusive o apoio dos líderes iraquianos, e até de Saddam Husssein em pessoa", disse. Saddam ironizou o temor dos EUA de que o Iraque possua armas de destruição em massa, e que as entregue a grupos terroristas "que possam ameaçar os EUA; isso é bobagem de crianças".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.