Saddam Hussein "oferece" ajuda humanitária aos EUA

O presidente iraquiano, Saddam Hussein, disse que os EUA deveriam ter pedido ajuda ao Iraque depois dos ataques terroristas da semana passada. Durante uma reunião com o Ministério da Indústria Militar de seu país, Saddam disse que os iraquianos têm experiência em resgatar pessoas e recuperar corpos de destroços, adquirida durante a Guerra do Golfo, em 1991. "Se os EUA tivessem pedido, nós teríamos concordado em oferecer nossa experiência - por razões humanitárias, e não por apoio ao governo americano. Apesar disso, eles deixaram as pessoas sem atendimento, porque os destroços continuam lá. Muitas pessoas morreram, mas elas poderiam ter sido salvas pelos iraquianos, que são bem treinados por causa da desgraça trazida contra eles pelos EUA", disse Saddam. As informações são da Associated Press, citada pela Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.