Saddam negocia com EUA saída do Iraque, diz jornal

Saddam Hussein pode estar negociando secretamente com as forças norteamericanas sua saída do Iraque, informa o jornal britânico The Sunday Mirror em sua edição deste domingo. O diário afirma que Saddam pretende partir em segurança para a antiga república soviética da Bielo-Rússia, em troca de informações sobre armas de destruição em massa e sobre suas contas bancárias no exterior.De acordo com o jornal, o presidente dos EUA, George W. Bush, é informado sobre todos os passos dessa negociação pela conselheira para a segurança nacional, Condolezza Rice, que estaria coordenando a operação."Um representante de Saddam Hussein encontrou-se com membros da coligação em Tikrit, em 12 de setembro, ao cair da noite. Depois levou-os a uma casa onde os esperava um responsável da segurança", declarou um responsável iraquiano citado pelo jornal."As conversações prosseguem agora sob a autoridade direta do general (Ricardo) Sanchez", acrescentou a mesma fonte. Sanchez é o coordenador das forças militares americanas no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.