Saddam proíbe importação e produção de armas

O presidente iraquiano, Saddam Hussein, emitiu decreto presidencial nesta sexta-feira proibindo a importação ou produção de armas nucleares, químicas e biológicas. "Todos os Ministros deveriam implementar este decreto e tomar todas as medidas necessárias e punir as pessoas que não aderirem ao decreto", diz a ordem presidencial. O decreto foi emitido pouco antes de uma reunião de emergência do Parlamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.