Saddam volta ao tribunal após condenação à morte

O ex-presidente iraquiano Saddam Hussein compareceu nesta terça-feira mais uma vez ao Tribunal Penal Supremo, no qual está sendo julgado pelo caso al-Anfal. No domingo, o ex-ditador iraquiano foi condenado à morte por crimes contra a humanidade no caso de al-Dujail. O Supremo Tribunal iraquiano retomou o julgamento de Saddam e seis de seus antigos colaboradores pelo caso de al-Anfal. Eles são acusados de genocídio de habitantes curdos no norte do país. Saddam foi condenado no domingo a morrer na forca por crimes contra a humanidade no caso de al-Dujail, por sua implicação na morte de 148 xiitas nesta aldeia localizada ao norte de Bagdá, em 1982.

Agencia Estado,

07 Novembro 2006 | 06h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.