SAIBA MAIS-Entenda o vocabulário eleitoral das prévias nos EUA

A campanha eleitoral à Presidência dos EstadosUnidos tem uma língua própria. Veja a seguir, alguns dos termosmais usados. CONVENÇÃO PARTIDÁRIA -- O candidato de cada partido àeleição de 4 de novembro será escolhido em uma convenção comdelegados partidários de todo o país. É indicado opré-candidato que obtiver a maioria dos votos. Neste ano, aconvenção democrata está marcada para 25 a 28 de agosto emDenver. Os republicanos fazem a sua de 1o a 4 de setembro emMinneapolis-Saint Paul. DELEGADOS -- São os participantes das convenções,representando todos os 50 Estados, além dos territórios dosEUA. PRIMÁRIA -- É a forma pela qual a maioria dos delegados éescolhida. Os eleitores de determinado Estado vão às urnas evotam em seu candidato favorito. Cada Estado tem regrasdiferentes. Muitas primárias distribuem os delegados com baseno percentual obtido por candidato; em outros Estados, ovencedor leva todos os delegados. Algumas primárias serestringem aos filiados de um ou outro partido; em outras,podem votar independentes e em alguns casos até filiados dopartido adversário. CAUCUS -- É a outra forma de escolher delegados, menoscomum. O processo envolve assembléias de eleitores de cadapartido em vários locais pré-determinados de um Estado. Osparticipantes se agrupam em torno de candidaturas, negociam, seaglutinam e se dissolvem até que todos os delegados sejamdistribuídos. O processo varia de Estado para Estado. Podem serpequenas reuniões dos caciques locais ou grandes eventos, comoo caucus de Iowa, que atraiu jornalistas do mundo todo. SUPERTERÇA -- Na terça-feira, 5 de fevereiro, 24 Estadosrealizaram a disputa de um ou ambos os partidos. Em todacampanha presidencial sempre há uma terça-feira chamada de"super" por ser a principal data no processo de escolha doscandidatos. SUPERDELEGADOS -- Além dos delegados escolhidos nosEstados, também têm direito a voto nas convenções dirigentespartidários, parlamentares e ocupantes de cargos estaduaiseletivos. Como não são escolhidos em primárias ou caucus, nãose comprometem de antemão com nenhum candidato, e portantopodem votar em quem quiserem. POSSÍVEIS INDICADOS -- É comum que o escolhido de cadapartido já tenha ficado claro bem antes das convenções,conforme aparecem os resultados dos Estados. Mas o processo temde ser formalizado com uma votação, então até as convenções osvencedores são tratados como "possíveis indicados". No caso dosdemocratas, é preciso 2.025 votos de delegados e superdelegadosna convenção partidária. No caso dos republicanos, o número éde 1.191 votos. (Por David Wiessler)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.