Samuel Aranda/The New York Times
Samuel Aranda/The New York Times

Saiba quais países retomaram restrições após o aumento de casos do novo coronavírus

Governos na Europa, América e Oriente Médio estão voltando a estabelecer confinamentos e a fechar comércios após flexibilizações

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de julho de 2020 | 16h05

Diante de um novo aumento do número de contágios por coronavírus, autoridades de diversos países decidiram voltar a aplicar medidas de confinamento para tentar conter a propagação da covid-19.

Veja onde as restrições estão voltando:

Europa

Espanha: A Catalunha ordenou neste sábado, 4, o confinamento de cerca de 200 mil habitantes, ao redor de Lérida. As entradas e saídas estão restritas e as reuniões com mais de 10 pessoas estão proibidas. 

Portugal: Em Lisboa está em vigor um novo "confinamento em casa" desde o dia 1.º para cerca de 700 mil habitantes em diferentes bairros. A medida vai durar ao menos duas semanas.

Alemanha: No dia 23 de junho, foram anunciados novos confinamentos de duração de uma semana que afetaram mais de 600 mil pessoas em Gütersloh e Warendorf. Em Gütersloh, as medidas ficarão em vigor até o dia 7 de julho.

Reino Unido: No dia 29 de junho, o governo anunciou um endurecimento do confinamento em Leicester, com o fechamento do comércio não essencial, enquanto de forma geral a região relaxa as medidas. 

Itália: Em Mondragone, perto de Nápoles, cerca de 700 pessoas foram ordenadas a ficar em casa a partir de 22 de junho. 

Ucrânia: Medidas de confinamento foram retomadas no dia 19 de junho.

Ásia

China: Em Wuhan, ponto inicial da pandemia, a prefeitura voltou a impor confinamento a 70 bairros residenciais

Índia: O Estado de Tâmil Nadu, no sul do país, ordenou a volta do confinamento desde o dia 19 de junho, afetando cerca de 15 milhões de pessoas. 

Azerbaijão: Volta do confinamento até o dia 1.º de agosto

Américas

EUA: Vários Estados retomaram algumas restrições após fizeram uma pausa nas flexibilizações. Na Califórnia, no Texas e na Flórida, os bares voltaram a fechar. Praias também foram fechadas na Califórnia e na Flórida.

Argentina: Medidas de confinamento foram endurecidas em Buenos Aires e vão durar até o dia 17 de julho. No dia 19 de maio, Córdoba, a segunda maior cidade do país, já havia retomado restrições. 

Panamá: Retorno do confinamento desde o dia 8 de junho na capital.

Guiana: Desde o dia 10 de junho, as medidas de circulação da população foram endurecidas, com a volta do confinamento em 16 municípios afetados pelo vírus. Houve uma extensão do toque de recolher após o dia 15 de junho e, desde o dia 25 de junho, as prefeituras decidiram pelo fechamento de bares e restaurantes de centenas de bairros.  

Oriente Médio

Líbano: Volta do confinamento noturno por quatro dias a partir de 13 de maio.

Cisjordânia: Fechamento de fronteiras durante cinco dias, desde 3 de julho. Autoridades já haviam ordenado o fechamento temporário das cidades de Naplusa, Hebrón e Belém.

Oceania

Austrália: Milhares de residentes de Melbourne terão de permanecer em suas casas durante ao menos uma semana a partir deste sábado, 4. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.