Saída da Grécia teria risco considerável, diz comissário

A eventual saída da Grécia da zona do euro representaria "riscos consideráveis" e o país não deve ser expulso da região, disse o comissário europeu de Energia, Günther Oettinger, à revista Focus, segundo trechos de uma entrevista a ser publicada neste domingo.

AE-DJ, Agência Estado

25 de agosto de 2012 | 14h01

Oettinger, que é alemão, disse à publicação que seu país precisa se opor a movimentos para a expulsão da Grécia e que comentários antieuropeus não deveriam ser feitos durante as campanhas eleitorais da Alemanha.

O comissário também defendeu que é preciso paciência para solucionar a crise do euro que, segundo ele, demorou mais de duas décadas para ocorrer e provavelmente exigirá mais de dez anos para ser superada.

Também na entrevista, Oettinger chamou de "justificável" a compra de títulos de governos periféricos da zona do euro pelo Banco Central Europeu (BCE). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
União EuropeiaGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.