Samsung lança Galaxy S4 em novo desafio a Apple

O tão esperado Galaxy S4, modelo mais recente da linha Galaxy S, foi lançado na quinta-feira à noite pela Samsung durante evento realizado em Nova York, ao som de uma orquestra ao vivo e com milhares de participantes. O novo aparelho tem tela maior e é mais fino do que o anterior, o campeão de vendas Galaxy SIII.

AE, Agência Estado

15 de março de 2013 | 08h46

Além de um processador mais veloz, o GS4 tem uma bateria 20% maior do que o do SIII, mas a empresa não explicou se isso pode ser entendido como vida mais longa. O modelo tem várias novas tecnologias, criadas para facilitar a interação do usuário com o aparelho. Alguns aplicativos, por exemplo, podem ser acionados sem que os dedos toquem a tela, apenas pairando pouco acima da superfície. O aplicativo de e-mail mostra as primeiras linhas de uma mensagem quando o dedo do usuário se aproxima da tela e a galeria de imagens exibe uma miniatura expandida.

Outra mudança está na câmera do telefone, que permite que o usuário use tanto o dispositivo da frente quanto do verso do aparelho, ao mesmo tempo, inclusive quando uma foto está sendo tirada.

O GS4 começará a ser vendido nos Estados Unidos entre o final de abril e de junho. A empresa tem planos de comercializar o aparelho em 327 operadoras distribuídas em 155 países, com alcance maior do que o do iPhone 5, da Apple. A Samsung não mencionou preços, mas espera-se que seja vendido a partir de US$ 200 para planos de dois anos de contrato nos Estados Unidos, semelhante ao do iPhone 5.

A Samsung vendeu 100 milhões de telefones da linha Galaxy S desde o surgimento do primeiro modelo, em 2010. Esse número continua inferior aos 268 milhões de iPhones vendidos pela Apple no mesmo período, mas as vendas da Samsung vêm avançando.

Após o lançamento do GS4, as ações da Samsung tiveram queda de 2,63% na madrugada desta sexta-feira no fechamento da Bolsa de Seul, na Coreia do Sul. A desvalorização do papel puxou a queda do índice Kospi (-0,8%), por ser sua maior componente. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SAMSUNGGALAXY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.