Sanções não devem ameaçar uso de força, diz ministro russo

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Ivanov, afirmou neste sábado que as possíveis sanções da ONU contra a Coréia do Norte não devem conter ameaças de uso de força.Ivanov classificou os testes nucleares realizados pelo regime de Pyongyang como "ultrajantes", mas alertou que quaisquer sanções devem ter como objetivo fazer com que o país volte à mesa de conversações sobre seu programa nuclear, afirmou a agência Itar-Tass."Essas sanções não devem conter menções ao uso de força e não devem ser dirigidas contra o povo norte-coreano", afirmou à agência de notícias Interfax após reunir-se no sábado com o enviado chinês encarregado do assunto, Tang Jiaxuan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.