AP Photo/David Goldman
AP Photo/David Goldman

Sanders conquista democratas nas primárias internacionais

De acordo com o Partido Democrata, 34.570 cidadãos americanos que vivem em 38 países votaram pela internet, correios e pessoalmente entre os dias 1º e 8

O Estado de S. Paulo

21 de março de 2016 | 19h01

O democrata Bernie Sanders marcou uma grande vitórias nas primárias globais de seu partido no exterior. De acordo com o Partido Democrata, 34.570 cidadãos americanos que vivem em 38 países votaram pela internet, correios e pessoalmente entre os dias 1º e 8. Sanders recebeu 69% dos votos, para ganhar 9 dos 13 delegados em jogo. Hillary Clinton teve 31% dos votos, e conquistou quatro delegados.

Foi uma importante vitória para Sanders, que foi derrotado por Clinton em cinco Estados na última terça-feira. Mesmo assim, ele continua na disputa com a ex-secretária de Estado por mais de 300 delegados. Agora, Clinton tem 1.163 delegados contra 844 de Sanders, com base nas primárias e nos caucus.

No sistema americano de primárias, os eleitores selecionam delegados que apoiem seus candidatos em cada Estado, e então esses delegados votam nos candidatos nas convenções nacionais dos partidos.

Considerando os superdelegados, ou líderes partidários que podem apoiar qualquer candidato, a liderança de Hillary é ainda maior: 1.630 contra 870 de Sanders. São precisos 2.383 delegados para conquistar a indicação.

A corrida dos democratas segue agora para os Estados ocidentais, onde Sanders espera ganhar para deter a liderança de sua oponente. Amanhã, os democratas votam no Arizona, Idaho e Utah. No sábado, Alasca, Havaí e Washington realizam caucuses. / AP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.