AP Photo/Seth Wenig
AP Photo/Seth Wenig

Sanders enaltece vitória em Indiana e nega que sua campanha esteja acabada

Senador convidou eleitores que ainda votarão nas primárias a compararem seu histórico com o de Hillary em vários temas como emprego e salário mínimo, e indicou que adoraria enfrentar e ‘derrotar Donald Trump’

O Estado de S. Paulo

04 Maio 2016 | 09h01

WASHINGTON - O senador e pré-candidato à disputa presidencial nos EUA Bernie Sanders enalteceu sua inesperada vitória na terça-feira na primária do Partido Democrata em Indiana frente à ex-secretária de Estado Hillary Clinton, e negou que sua campanha para conseguir a indicação do partido esteja acabada.

"A campanha de (Hillary) Clinton acredita que esta campanha está acabada. Estão equivocados. Talvez estivesse acabada para os integrantes do 'establishment' do partido, mas os eleitores em Indiana tinham uma ideia diferente", declarou o senador, que se autoproclama um socialista democrático.

"Estamos nesta campanha para vencê-la, e vamos lutar até o último dos votos", garantiu Sanders, que, apesar da vitória, segue atrás de Hillary em número de delegados por uma ampla margem.

"Temos consciência de que há um duro caminho para chegar à vitória, mas estivemos travando uma luta difícil desde o primeiro dia desta campanha", acrescentou o pré-candidato.

Sanders convidou os eleitores nos Estados que ainda vão votar nas primárias democratas a compararem seu histórico com o de Hillary em temas como "geração de emprego, aumento do salário mínimo, guerra e a paz, necessidade de saúde para todos, fim do domínio dos grandes bancos, combate à mudança climática e outros assuntos críticos".

Além disso, ele ainda indicou que adoraria enfrentar "e derrotar Donald Trump, alguém que jamais deve ser presidente" dos EUA.

Todas as pesquisas de opinião publicadas até terça-feira davam a vitória em Indiana para Hillary, algumas por margens bastante amplas, de até 13 pontos, e os analistas destacavam o bom papel da ex-primeira-dama em vários territórios vizinhos ao Estado, como Illinois e Ohio, nos quais ela ganhou.

No entanto, Sanders conseguiu superar essas previsões e venceu em várias das principais cidades de Indiana, entre elas Fort Wayne, South Bend e a grande maioria das zonas rurais do Estado. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.