Sandinistas e opositores tomam ruas de Manágua

Centenas de sandinistas e opositores do governo da Nicarágua voltaram a ocupar ontem as ruas da capital Manágua, obrigando lojas a fechar mais cedo e escolas a suspender as aulas. A oposição não reconhece a vitória governista na eleição regional do dia 9, alegando que houve fraude. O opositor Partido Liberal Constitucionalista (PLC) afirma que convocou uma manifestação pacífica para reivindicar a vitória de seu candidato à prefeitura de Manágua, Eduardo Montalegre. Já os sandinistas exigem que o Conselho Supremo Eleitoral da Nicarágua proclame a vitória de Alexis Arguello na capital. Na semana passada, confrontos semelhantes deixaram dois mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.