Santos põe militares nas ruas de Bogotá

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, convocou ontem tropas para patrulhar Bogotá após violentos distúrbios ocorridos na véspera em várias localidades e que resultaram na morte de duas pessoas. "Tomei decisões para assegurar a normalidade e ordenei o envio de tropas para Bogotá", disse Santos, em declarações feitas no palácio do governo. Ele não disse até quando a medida ficará em vigor. Os distúrbios aconteceram quinta-feira em meio a passeatas de estudantes e agricultores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.