Santos reúne-se com cúpula militar colombiana

BOGOTÁ

Reuters e Ap, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2010 | 00h00

Depois de vencer o segundo turno das eleições presidenciais colombianas, no domingo, o presidente eleito do país, Juan Manuel Santos, reuniu-se ontem com o atual ministro da Defesa, Gabriel Silva, e com o comando militar. Embora o encontro tenha ocorrido a portas fechadas, Santos informou à imprensa que felicitou o comando militar pelo resgate, há dez dias, de quatro militares que estavam em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) há mais de 12 anos. Santos, que foi ministro da Defesa do presidente Álvaro Uribe, foi responsável pelos mais duros golpes contra a guerrilha.

Na chefia do comando militar, o então ministro ordenou o ataque a um acampamento das Farc no Equador, em 2008, que matou o número 2 do grupo, o guerrilheiro Raúl Reyes. Santos também autorizou o resgate da ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt e outros 14 reféns, também em 2008.

Durante a campanha presidencial, Santos prometeu manter a política de "segurança democrática" do atual governo, que privilegia o confronto militar contra a guerrilha. O novo presidente da Colômbia toma posse no dia 7 de agosto. /

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.