São 139 os mortos em desastre de trem na Turquia

Um trem de alta velocidade que viajava de Istambul para Ancara descarrilou nesta quinta-feira, matando 139 pessoas e deixando 57 outras feridas, informou o centro de atendimento a emergências do governo da Turquia. Pelo menos quatro dos vagões do trem capotaram depois do descarrilamento. O acidente aconteceu a 183 quilômetros de Istambul, a meio caminho até Ancara. A causa do desastre ainda não era conhecida, e as autoridades não afastavam a hipótese de sabotagem, segundo disse Muammer Turker, encarregado do centro de atendimento a emergências na cidade de Sakarya. ?Estamos examinando todas as possibilidades?, respondeu ele, perguntado se era possível que tivesse havido um atentado. No entanto, o trem de alta velocidade começou a operar no dia 4 de junho em meio a uma grande controvérsia, com críticos afirmando que os trilhos eram velhos e não conseguiriam suportar os novos trens. O responsável governamental pela administração do sistema ferroviário turco, Sduleyman Karaman, disse que enviou uma equipe para a área para tentar determinar as causas do acidente. Ele citou o testemunho do maquinista do trem, segundo o qual ele viajava a uma velocidade normal (que ainda não foi determinada). ?Não consigo entender o que houve de erro?, teria dito o responsável pelo trem.

Agencia Estado,

22 de julho de 2004 | 16h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.