São 20 os mortos em desabamento em Meca

Pelo menos 20 peregrinos morreram e 59 ficaram feridos nesta quinta-feira quando um edifício, situado nas proximidades da Grande Mesquita de Meca, desabou pouco depois do retorno de fiéis das orações do meio-dia, informou o Ministério de Interior da Arábia Saudita. A tragédia na mais sagrada cidade do Islã ocorreu em um momento no qual milhões de muçulmanos convergem a Meca para a peregrinação anual do hajj, com início previsto para o domingo.Um comunicado do Ministério de Interior cita o porta-voz general Mansour al-Turki dizendo que entre os mortos há 11 homens, oito mulheres e um corpo não identificado. Um funcionário ouvido por uma emissora de TV saudita comentou que as fundações do edifício, construído 40 anos atrás, apresentavam rachaduras e estavam fracas demais para suportar o peso. O desabamento ocorreu por volta das 13h10 locais.No local da tragédia, o general Khaled Zahouni, do Ministério de Interior, disse que 59 pessoas feridas foram retiradas dos escombros do edifício de oito andares, situado a apenas 60 metros da Grande Mesquita de Meca e que aluga dormitórios para viajantes, funcionando como hospedaria na época das peregrinações. A maior parte das vítimas era formada por peregrinos procedentes do Egito, da Tunísia e dos Emirados Árabes Unidos, disseram fontes sauditas. Os feridos eram levados a hospitais de Meca e de Jidá, situada apenas 70 quilômetros ao leste da cidade sagrada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.