São 302 os mortos em acidente aéreo no Irã

Um avião transportando 302 pessoas, todas militares, caiu no sul do Irã. Morreram todos os que estavam a bordo, informa a agência de notícias oficial da República Islâmica, a IRNA, acrescentando que equipes de resgate já se encontram no local.O avião cumpria uma rota doméstica, de Zahedan, na fronteira com o Paquistão, para Kerman, a 800 km da capital Teerã, informa a TV estatal iraniana. A queda ocorreu a 35 km do destino da viagem, numa região montanhosa, segundo a IRNA. O boletim da televisão disse que o avião perdeu contato com a torre de controle às 17h30, horário local (11h00 de Brasília). No início da madrugada de quinta-feira no Irã, a IRNA informou que todos a bordo haviam morrido, e que tanto os passageiros quanto a tripulação eram membros da Guarda Revolucionária.A rádio e a TV estatais não deram explicações do motivo da queda, e não tocaram na possibilidade de terrorismo. Nevava bastante em diversos pontos do Irã na terça-feira e na quarta, inclusive em Zahedan, onde não caía neve há três anos.Uma autoridade que não foi identificada disse à televisão estatal de Teerã que as forças especiais haviam visitado a província pobre de Sistão-Baluquestão, da qual Zahedan é a capital, em ?missão importante?. A Guarda é vista como uma forte defensora do regime islâmico iraniano. O boletim informou que o avião era um Antonov, de fabricação russa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.