São 40 os mortos em atentado a trem na Rússia

Uma potente explosão destruiu um trem de passageiros perto da Chechênia durante a hora do rush desta sexta-feira, matando 40 pessoas e ferindo dezenas de outras. Segundo as autoridades, a detonação foi causada por um terrorista suicida. Pedaços do corpo do suposto atacante foram encontrados com granadas amarradas aos pés, disse o chefe do Serviço Federal de Segurança, Nikolai Patrushev, ao presidente Vladimir Putin, numa reunião transmitida pela TV.Patrushev disse que três mulheres também estão envolvidas, incluindo duas que saltaram do trem antes da explosão e uma terceira que está gravemente ferida. Putin se referiu ao atentado como uma tentativa de desestabilizar o país às vésperas da eleição parlamentar - o pleito está marcado para domingo.Este é o segundo atentado contra esta linha de trem desde setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.