São pelo menos 20 os mineradores mortos na Sibéria

Uma explosão, provavelmente causada pelo gás metano, destruiu parte de uma mina de carvão na Sibéria, deixando 20 trabalhadores mortos e outros 30 presos no subsolo, dizem autoridades. Treze pessoas foram resgatadas ou conseguiram chegar por conta própria à superfície, disse Valery Kovchagin, porta-voz do departamento de emergência da região de Kemerovo.O governador de Kemerovo, Aman Tuleyev, supervisiona a operação de resgate, informa a rede NTV. Ele disse que o caminho mais curto para o local da explosão estava bloqueado por escombros e que as equipes de socorro percorriam uma rota mais longa, a partir de uma mina adjacente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.