Sargento é condenado por abuso de detentos iraquianos

O sargento da reserva Ivan "Chip" Frederick, 38 anos, foi condenado nesta quinta-feira a oito anos de prisão pelos abusos praticados contra prisioneiros iraquianos em Abu Ghraib. Frederick declarou-se culpado pelas acusações de abuso de detentos. Frederick é o soldado mais graduado envolvido no escândalo dos prisioneiros iraquianos em Abu Ghraib, que foi revelado ao mundo inteiro em abril com a publicação de fotos e de vídeos que mostravam soldados americanos abusando de detentos do Iraque.

Agencia Estado,

21 Outubro 2004 | 11h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.