Sarkozy apóia nome de Blair para primeiro presidente da UE

O escritório oficial de Blair diz que ele não tem interesse em assumir o cargo

Agencia Estado

19 Junho 2007 | 11h05

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, está fazendo gestões para que o primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, se torne o primeiro presidente da União Européia (UE), afirma neste sábado, 16, o jornal britânico "Financial Times". O jornal econômico, que cita como fonte diplomatas alemães, diz que Sarkozy discutiu o plano com outros líderes europeus, na preparação para a cúpula de chefes de Estado e Governo da UE da próxima semana, em Bruxelas. Segundo o jornal, Sarkozy falou sobre o assunto com a chanceler federal alemã, Angela Merkel, cujo país atualmente exerce a Presidência da União. No entanto, o escritório oficial do primeiro-ministro do Reino Unido insistiu que Blair não tem interesse em assumir um posto de grande relevância política depois de abandonar a chefia do Governo britânico, em 27 de junho. "O primeiro-ministro já deixou muito claro que não quer voltar à linha de frente da política", disse uma porta-voz de Downing Street. Na cúpula, Merkel espera conseguir um acordo para aprovar um novo Tratado Constitucional em substituição da Constituição Européia, atualmente bloqueada, e que entre em vigor até 2009. Entre as propostas debatidas está a criação da figura do Presidente do Conselho Europeu. Atualmente, a Presidência é exercida a cada semestre por um dos Estados-membros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.