Sarkozy chega para homenagear soldados mortos no Afeganistão

Dez soldados franceses morreram após emboscada taleban perpetrada por cerca de 100 insurgentes

Efe,

20 de agosto de 2008 | 03h08

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, chegou nesta quarta-feira, 20, a Cabul para homenagear os dez militares franceses que morreram na segunda-feira em uma emboscada taleban, informou à Agência Efe uma fonte oficial afegã. Sarkozy aterrissou no aeroporto de Cabul acompanhado de seus ministros de Exteriores, Bernard Kouchner, e de Defesa, Hervé Morin, e deve visitar o local onde estão os corpos dos militares mortos. Os soldados, que estavam no Afeganistão como parte da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), morreram na segunda-feira em uma emboscada perpetrada por cerca de 100 insurgentes no distrito de Surobi, a 60 quilômetros de Cabul. O ataque feriu ainda 21 soldados franceses, que serão visitados por Sakozy no hospital. Em comunicado publicado pelo escritório presidencial francês, Sarkozy pronunciará um discurso e se reunirá com suas tropas antes de se encontrar com o presidente afegão, Hamid Karzai.

Tudo o que sabemos sobre:
emboscadaTalebanNicolas Sarkozy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.