Sarkozy diz que BCE deve fomentar avanço econômico

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, disse durante um comício neste domingo que o Banco Central Europeu (BCE) precisa ampliar o seu papel de atuação e também passar a fomentar o crescimento econômico, e não apenas controlar a inflação. "Se o BCE não der apoio ao crescimento, nós não teremos uma expansão suficiente", disse o mandatário, que disputará a reeleição no próximo domingo.

ANDRÉ LACHINI, Agência Estado

15 de abril de 2012 | 18h00

Como presidente, Sarkozy concordou com a Alemanha em não fazer comentários sobre a política econômica do BCE durante a campanha eleitoral francesa. Mas o próprio sentido do papel do BCE foi trazido à discussão na França pelo rival de Sarkozy, François Hollande, do Partido Socialista (PS), o qual disse que se eleito pressionará para que o BCE tenha um papel mais efetivo em apoiar o crescimento econômico dos países europeus. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FRANÇASARKOZYBCE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.