Benoit Tessier
Benoit Tessier

Sarkozy enfrenta segundo dia de interrogatório em Paris

Ex-presidente é acusado de ter recebido dinheiro do ex-ditador líbio Muamar Kadafi para sua campanha eleitoral em 2007

O Estado de S.Paulo

21 Março 2018 | 05h04
Atualizado 21 Março 2018 | 13h03

PARIS - O ex-presidente da França, Nicolas Sarkozy, depõe pelo segundo dia consecutivo nesta quarta-feira, 21, sob custódia, pela suspeita de ter recebido dinheiro do ex-líder da Líbia, Muamar Kadafi, na campanha eleitoral de 2007.

+ Kadafi teria financiado Lula e comprado apoio de líderes africanos

+ Filho de Kadafi concorrerá às eleições presidenciais da Líbia

Os veículos de imprensa presentes em frente à Polícia Judicial de Nanterre afirmaram que Sarkozy, que voltou à noite para sua casa para dormir, chegou ao local antes das 8h (4h em Brasília) para iniciar uma nova sessão de interrogatórios.

+ Sarkozy será julgado por financiamento irregular de campanha

+ Ex-presidente Sarkozy votará em Macron para evitar triunfo de Le Pen

A polícia, que o convocou na véspera pela primeira vez, tem até 48 horas para fazer o interrogatório antes de decidir se deve apresentá-lo ao juiz para uma eventual acusação, se o deixa em liberdade ou se o convoca novamente.

Esta é a primeira vez que o ex-chefe do Estado fala sobre a base de documentos provenientes do regime de Kadafi, em cuja queda em 2011 a França participou ativamente com uma intervenção militar.

Também prestou depoimento na terça-feira, mas com um estatuto livre, o ex-ministro do Interior Brice Hortefeux, que considera que "os detalhes apresentados devem permitir encerrar uma sucessão de erros e mentiras", disse ele no Twitter.

A razão de uma convocação agora, quatro anos depois da abertura da investigação judicial e 11 anos após os acontecimentos, está ligada aos elementos compilados pelos investigadores, em particular os depoimentos de ex-líderes líbios. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.