Sarkozy pressiona UE por sanções mais duras ao Irã

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, pediu ontem sanções mais duras contra o Irã em razão do programa nuclear iraniano. Ele disse que o tempo está passando e algo precisa ser feito. A França quer que a União Europeia imponha um embargo ao petróleo e congele os fundo no exterior do Banco Central do Irã, para forçar o país a suspender seu programa de enriquecimento de urânio. Teerã insiste que ele tem como objetivo a produção de energia, não armas atômicas. A decisão pode ser tomada durante reunião em Bruxelas, na próxima semana. / AP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.