Sarkozy processará site que o vinculou a Kadafi

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, prometeu ontem processar o site de notícias Mediapart, que afirma ter provas de que ele recebeu em 2007 ofertas de financiamento de campanha do ex-líder da Líbia, Muamar Kadafi. Sarkozy nega a afirmação, que veio à tona pela primeira vez quando um dos filhos de Kadafi falou sobre o assunto no ano passado e em meio à pressão da França para a realização de ataques aéreos contra as forças do líder líbio com o objetivo de encerrar a repressão aos rebeldes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.