Sarkozy quer cúpula sobre crise financeira em novembro

O presidente francês, NicolasSarkozy, pediu na terça-feira uma cúpula de líderes mundiaispara novembro para discutir a crise financeira global e quaislições se pode tirar dela. "É minha convicção que é dos chefes de Estado e dosgovernos dos países mais diretamente envolvidos aresponsabilidade de se reunir antes do fim do ano paraexaminar, juntos, as lições que podem ser retiradas da crisefinanceira", disse Sarkozy em um discurso na Assembléia-Geraldas Nações Unidas. "Adiamos demais quando nos vimos diante da necessidade dedar ao mundo globalizado as instituições que irão regulá-lo",acrescentou o presidente francês. "Vamos construir juntos umcapitalismo regulado, no qual as atividades financeiras não sãodeixadas somente ao julgamento dos operadores do mercado",disse. Sarkozy também pediu que o G8, grupo dos principais paísesindustrializados, seja ampliado para incluir China, Índia, África do Sul, México e Brasil. (Por Louis Charbonneau)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.