Satélite espião israelense Eros B envia primeiras imagens

A sala de controle espacial das Indústrias Aeronáuticas de Israel (IAI) recebeu nesta sexta-feira as primeiras imagens do novo satélite israelense "de observação", Eros B, lançado há três dias a partir de uma base na Sibéria. As imagens, que mostram a Europa, "são de alta qualidade", informaram fontes das IAI. O satélite utiliza equipamentos de avançada tecnologia óptica. O satélite tem câmeras fotográficas de alta resolução, capazes de captar objetos com menos de 70 centímetros sobre a superfície terrestre. O equipamento pesa menos de 300 quilos, dá uma volta ao redor do planeta a cada 90 minutos e é capaz de se deter sobre objetivos específicos para captar suas imagens. Fontes militares disseram aos jornalistas que o satélite espião permitirá acompanhar, do espaço, tanto a evolução do programa nuclear da República Islâmica do Irã como a construção de edifícios destinados ao enriquecimento de urânio.

Agencia Estado,

28 Abril 2006 | 15h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.