Saudita promete nova aparição

O Al-Sahab, grupo de mídia ligado à rede terrorista Al-Qaeda, informou ontem que o líder da organização, Osama bin Laden, vai aparecer em mais um vídeo para marcar os seis anos dos ataques do 11 de Setembro. O anúncio - cuja autenticidade ainda não foi comprovada - foi postado num site da internet utilizado por grupos islâmicos radicais. De acordo com o texto publicado, Bin Laden deve ler o testamento de Musab Waleed al-Shehri, um dos suicidas dos atentados de 2001. Shehri era um dos seqüestradores do vôo 11 da American Airlines que atingiu uma das torres do World Trade Center, em Nova York. Se o vídeo for divulgado, será a segunda aparição de Bin Laden em uma semana. Na sexta-feira, o grupo divulgou um vídeo no qual o terrorista advertia para os riscos de o presidente americano, George W. Bush, "recusar-se a reconhecer os erros que está cometendo no Iraque".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.