Sauditas impedem novo ataque perto da maior refinaria de petróleo

As forças de segurança sauditas descobriram e desativaram dois explosivos colocados em dois veículos perto de Abqaiq, a maior refinaria do reino, no leste do país, informou nesta quarta-feira o jornal saudita Al Riyadh. Segundo a fonte, as forças de segurança entraram na terça-feira em uma casa da localidade de Al Muntaar onde vivem os funcionários da companhia de petróleo saudita Aramco e encontraram dois carros-bomba com o logotipo da companhia. Várias bombas, metralhadoras e material explosivo foram encontrados na propriedade, segundo o jornal, que afirmou que o dono da casa foi detido e atualmente está sendo interrogado. Em 24 de fevereiro, as forças de segurança sauditas abortaram outro ataque terrorista na mesma refinaria de Abqaiq, e as notícias deste atentado fracassado causaram grande nervosismo no mercado mundial do petróleo. A Arábia Saudita enfrenta há dois anos uma campanha de desestabilização por parte de grupos extremistas islâmicos, que atacam tanto a colônia estrangeira no país como as instalações petrolíferas.

Agencia Estado,

29 Março 2006 | 09h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.