Schäuble descarta hipótese de coalizão em eleições

O ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, descartou a formação de uma coalizão do governo com os social-democratas em entrevista à revista alemã Der Spiegel.

AE, Agência Estado

26 Maio 2013 | 17h29

Ao ser perguntado se acreditava na possibilidade de uma "grande coalizão" dos dois partidos do governo com o partido social-democrata, conhecido na sigla em alemão como SPD, após as eleições nacionais de setembro, Schäuble descartou a hipótese.

Segundo Schäuble, a questão sequer será levantada porque o sucesso da atual coalizão, que combina os governistas CDU e CSU com os democratas livres (FDP), é "claro e convincente".

Caso a coalizão atual não consiga obter maioria na disputa eleitoral de setembro, Schäuble sugeriu que o SPD e o Partido Verde poderão formar uma aliança com o partido esquerdista. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
AlemanhaeleiçõesSchäuble

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.