Schröder vai a Londres se encontrar com Blair

O primeiro-ministro alemão, Gerhard Schröder, que conseguiu domingo se reeleger, viaja hoje para Londres, onde se encontrará com o premier Tony Blair para discutir as tensões no Oriente Médio, em um dia em que o governo britânico está apresentando ao Parlamento um dossiê sobre as ameaças oferecidas pelo Iraque. Segundo o porta-voz da Chancelaria alemã, o encontro dos dois líderes tem o objetivo de promover uma troca de opiniões após a eleição de domingo e deverá abordar ainda questões como a expansão da União Européia. O partido Social-Democrata de Schröder, em coalizão com o Partido Verde, venceu as eleições de domingo, mantendo uma plataforma de forte oposição a uma intervenção militar no Iraque baseada na inexistência de evidências de que o presidente do Iraque, Saddam Hussein, seria uma crescente ameaça para o mundo. A postura de Schröder tem irritado os EUA, que, ontem, quebraram uma tradição e não enviaram cumprimentos ao premier pela vitória nas eleições. Com uma postura diferente, Blair tem sido o principal líder europeu a apoiar a proposta do presidente norte-americano George W. Bush de lançar uma ação mais dura contra o Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.