Schroeder e Putin pedem solução pacífica para Iraque

O chanceler alemão, Gerhard Schroeder, e o presidente russo, Vladimir Putin, defenderam hoje uma solução pacífica para a crise iraquiana, demonstrando unidade contra uma guerra liderada pelos EUA. Os dois líderes expressaram a posição de que deve ser dado mais tempo aos inspetores de armas da ONU em sua busca por armas de destruição em massa no Iraque. "Estamos convencidos de que esforços por uma solução pacífica da situação relacionada com o Iraque devem continuar persistentemente", afirmou Putin numa entrevista coletiva após conversações com Schroeder em Berlim.

Agencia Estado,

09 de fevereiro de 2003 | 16h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.