Schwarzenegger é popular, mas inexperiente na política

A postulação do ator Arnold Schwarzenegger à disputa para substituir o governador democrata da Califórnia, Gray Davis, dá ao Partido Republicano um candidato de grande popularidade, mas com pouca experiência política. Até o anúncio de sua candidatura às eleições de 7 de outubro, feito ontem à noite durante a gravação de um programa da rede de televisão NBC, a única incursão do herói dos filmes de ação na política californiana havia sido a redação de uma iniciativa bem-sucedida para aumentar os gastos públicos com programas educativos.A candidatura de Schwarzenegger seguramente causará comparações com a de Ronald Reagan, que usou sua popularidade de estrela do cinema para se converter em governador da Califórnia e, mais tarde, presidente dos EUA. Mas Reagan havia se mantido politicamente ativo e foi presidente da associação de atores cinematográficos antes de lançar sua candidatura para governador, em 1966.A popularidade de Schwarzenegger não é garantia de êxito nas urnas. Uma pesquisa recente mostrou que o ator ocupou o segundo lugar, atrás do prefeito de Los Angeles, Richard Riordan, quando os eleitores escolheram entre seis possíveis candidatos. A candidatura de Schwarzenegger certamente exporá o ator, de 56 anos, aos ataques dos aliados de Davis, que já lhe deram uma prova das dificuldades que o esperam quando, no ano passado, considerou iniciar uma carreira eleitoral.Seguindo uma estratégia de Davis, aliados bombardearam as redações com versões que acusavam o ator de origem austríaca de mulherengo e de conduta sexual inadequada. O ator negou as acusações, sendo defendido por alguns de seus colegas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.