REUTERS/Jim Young
REUTERS/Jim Young

Scott Walker anuncia pré-candidatura à presidência dos EUA

Governador de Wisconsin é o 15º a entrar na corrida pela Casa Branca, mas figura como o 2º nas intenções de votos

O Estado de S. Paulo

13 de julho de 2015 | 12h52

WASHINGTON - O governador de Wisconsin, Scott Walker, anunciou nesta segunda-feira, 13, que será pré-candidato às eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2016 pelo Partido Republicano, campanha à qual já chega como um dos favoritos.

"Estou dentro, me candidato a presidente porque os americanos merecem um governante que trabalhe e vença para eles", escreveu o político em sua conta no Twitter.

Walker, de 47 anos, é há meses um dos favoritos nas pesquisas sobre possíveis candidatos republicanos à Casa Branca, é valorizado principalmente por suas receitas econômicas conservadoras em Wisconsin.

O governador antecipou pela rede social o anúncio de sua candidatura, que deve ser formalizada ainda nesta segunda-feira com um discurso nos subúrbios da cidade de Milwaukee, em Wisconsin.

O político também publicou um vídeo no YouTube no qual defende que o país "precisa de uma liderança nova e fresca, com grandes e audazes ideias que não venham de Washington".

"Eu me candidato a presidente para lutar e vencer para o povo americano. Sem sacrificar nossos princípios, ganhamos três eleições em quatro anos em um estado de tendência democrata (Wisconsin), assumindo a liderança. Agora temos que fazer o mesmo pelos Estados Unidos", afirma Walker no vídeo.

Antes de se candidatar, Walker já era o segundo mais apoiado do Partido Republicano, com 10,5% de respaldo, atrás apenas do ex-governador da Flórida Jeb Bush, que lidera as pesquisas com um 16,3%, segundo a média de todo o país elaborada pelo site "Real Clear Politics".

Com o anúncio de Walker, já são 15 os pré-candidatos republicanos para 2016 e espera-se que o número chegue a 16 com o governador de Ohio, John Kasich, que deve oficializar suas intenções no dia 21 de julho.

A equipe política de Walker já havia antecipado sua pré-candidatura republicana em mensagem publicado aparentemente por engano no Twitter na sexta-feira. A conta oficial de Walker havia postado uma foto do governador republicano na qual era possível ler "Scott Walker se candidata a presidente", mas a mensagem foi apagada pouco tempo depois. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.