Se pudessem, franceses reelegeriam Obama, diz Fabius

Se pudessem, os franceses reelegeriam o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta segunda-feira o ministro das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius. Isso reflete a enorme popularidade que Obama tem na França, onde é mais bem avaliado que em qualquer outro país do mundo. O chanceler não disse em quem votaria se pudesse, no democrata ou no seu rival republicano. Os comentários de Fabius são apoiados pelos dados. De acordo com uma pesquisa do Pew Research Center, 92% dos franceses gostariam que Obama fosse reeleito. Mas a popularidade de Obama na França poderia não ser bem-vista pelos norte-americanos. O rival de Obama, Mitt Romney, fala francês fluente e tem sido criticado pelos próprios republicanos de ser muito francófono.

AE, Agência Estado

03 de setembro de 2012 | 16h42

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.